ÀS SEXTAS-FEIRAS, PRESENÇA OBRIGATÓRIA! ;)

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Frase da semana #33


"Todos pensam em deixar um planeta melhor para os  nossos  filhos... 
Quando é que pensarão em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"


(Pergunta vencedora num congresso sobre vida sustentável.)

Cartoon #4

Medos


Podemos superar um medo mas não nos podemos esquecer que na vida vão surgir sempre novos medos e novos desafios para vencer. E como dizia, Harriet Rubin, "À medida que nos libertamos dos nossos medos, a nossa presença automaticamente liberta outros."

;)

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Mais ou Menos


“A gente pode morar numa casa mais ou menos,
numa rua mais ou menos,
numa cidade mais ou menos
e até ter um governo mais ou menos.
A gente pode dormir numa cama mais ou menos,
comer um feijão mais ou menos,
ter um transporte mais ou menos
e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.
A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos.
Tudo bem.
O que a gente não pode nunca
é amar mais ou menos,
é sonhar mais ou menos,
é ser amigo mais ou menos,
é namorar mais ou menos,
é ter fé mais ou menos
e acreditar mais ou menos.

Senão a gente corre o risco de se tornar numa pessoa mais ou menos.”

Frase da semana #32

                                                   "O verdadeiro amor nunca se desgasta. Quanto mais se dá, mais se tem."
Antoine Saint-Exupéry

E o Natal está quase aí...

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Sabedoria de um velho índio

Um velho índio estava a falar com o seu neto e contava-lhe:
 "Sinto-me como se tivesse dois lobos a lutar no meu coração.
Um é um lobo irritado, violento e vingativo.
O outro está cheio de amor e compaixão."
O neto perguntou:
"Avô, diga-me, qual dos dois ganhará a luta no seu  coração?" 
O avô respondeu:
"Aquele que eu alimentar."

Falar a linguagem dos alunos ...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Frase da semana #31


"O segredo da felicidade é encontrar a nossa alegria na alegria dos outros."

Já tinham pensado nisto?


Um homem entra numa palestra e começa por contar uma piada. Todos desatam a rir! O orador volta a contar a mesma piada e apenas algumas pessoas re riem. Ele volta a contar a piada pela terceira vez e ninguém se ri...
Então ele sorri e diz:
É engraçado como não conseguimos rir repetidamente da mesma piada.
Mas porque é que continuamos a chorar pela mesma coisa vezes sem conta?

Cuidado com as rotinas...


Chega o Conde  à sua mansão.
O mordomo, atentamente, abre-lhe a porta, baixa a cabeça e reverencialmente, saúda-o:
- Entre, filho de uma grande puta. De onde vem o senhor Conde com essa cara de paneleiro?
Ao que o Conde, sorridente, lhe responde:
- De comprar um aparelho auditivo.

sábado, 12 de novembro de 2011

Frase da semana #29


"A maior desgraça de uma nação pobre é que em vez de produzir riqueza, produz ricos."
Mia Couto

Sejamos crianças!

No fundo do poço...

Um dia, um burro caiu num poço e não conseguia de lá. O animal chorou fortemente durante horas, enquanto o seu dono pensava no que fazer. Finalmente, o camponês tomou uma decisão cruel: concluiu que já que o burro estava muito velho e que o poço estava mesmo seco, precisaria de ser tapado de alguma forma. Portanto, não valia a pena esforçar-se para tirar o burro de dentro do poço. Chamou então os seus vizinhos para o ajudar a enterrar vivo o burro. Cada um deles pegou uma pá e começou a atirar terra para dentro do poço. O burro entendeu o que estavam a fazer e chorou desesperadamente. Até que, passado um momento, o burro pareceu ficar mais calmo. O camponês olhou para o fundo do poço e ficou surpreendido. A cada pá de terra que caía sobre ele o burro sacudia-a, dando um passo sobre esta mesma terra que caía ao chão. Assim, em pouco tempo, todos viram como o burro conseguiu chegar até ao topo do poço, passar por cima da borda e sair dali.
A vida vai atirar muita terra para cima de ti. Principalmente se já estiveres dentro de um poço. Cada um dos nossos problemas pode ser um degrau que nos conduz para cima. Podemos sair dos buracos mais profundos se não nos dermos por vencidos. Usa a terra que te atiram para seguir em frente!

sábado, 5 de novembro de 2011

Frase da semana #28


“Não eduque o seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz. Assim ele saberá o VALOR das coisas e não o seu PREÇO.”

Max Gehringer

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Chapéu-de-chuva

Porque é que quando levo o chapéu-de-chuva nunca chove? E quando me esqueço dele tem sempre que chover? Há cada coisa... ;)

As crianças não distiguem cores...



Vídeo produzido, em 2007, por uma importante companhia do petróleo e gás. Expressa o sentimento que nasce entre um menino chinês e uma menina da Malásia, superando o obstáculo de etnias diferentes. ;)

Frase da semana #27


"Um dos piores tipos de saudade é conviver com uma pessoa mas sentir saudades do que ela era."

it's FRIDAY !

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Cartoon #3


TODA A MULHER TEM HORROR A BARATA ...

"TODA A MULHER TEM HORROR A BARATA ...
roupa barata, bolsa barata, jóia barata, viagem barata!

 A MULHER GOSTA É DE CARINHO ... vestido carinho, sapato carinho, perfume carinho, restaurante carinho, presente carinho!"

;) ahah

Alguém que não se deixa impressionar!


       Num hotel em Lisboa, uma velhota de 80 anos desce no elevador. Quando pára no 7.º piso, entra uma rapariga dos seus 25/30 anos que deixa imediatamente um forte e agradável cheiro a perfume no ar. Olha para a velhota, abana a blusa e diz:
- Giorgio Armani, 150€ cada frasco...
       O elevador continua a sua descida, quando chegam ao 5.º piso entra outra rapariga mais ou menos da mesma idade e igualmente perfumada, vira-se para a velhota e diz:
- Coco Chanel, 100€ cada frasco...
       Quando elevador está prestes a chegar ao 2.º piso a velhota prepara-se para sair: dá um valente peido, sacode a saia, volta-se para as moças e diz:
- Feijão Encarnado, Compal, 1€ cada lata!!!

;)

Começa o dia a rir !



Esta é para gulosos! ;)
ADOREI!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Frase da semana 25#



"Nunca troque o que mais quer na vida pelo que mais quer no momento. Momentos passam e a vida continua."

Cartoon 2# Matrimónio Facebook

 ;) Bem hajam!

Quem é que não o reconhece?

Detector de mentiras

Um pai compra um robot detector de mentiras que dá chapadas nas pessoas quando mentem. Decide testá-lo ao jantar:
- "Filho, onde estiveste hoje?"
- "Na escola pai."
O robot dá uma chapada no filho.
- "Ok, vi um dvd em casa do Zé!"
-"Que dvd?"
-"Toy Story."
O robot dá outra chapada no filho.
" Ok, era porno." - choraminga o filho.
- "O quê? Quando tinha a tua idade não sabia o que era porno!"- diz o pai.
O robot dá uma chapada no pai!
A mãe ri-se:
- "Ahahaha! Ele é mesmo teu filho!"
O robot dá uma chapada na mãe...


sexta-feira, 7 de outubro de 2011

domingo, 2 de outubro de 2011



Com uma aparência renovada e o compromisso ambicioso de todas as sextas-feiras serem dias de publicações por aqui, não há desculpas para não apareceres já na próxima sexta! ;)

domingo, 17 de julho de 2011

Na Barbearia...

Certo dia, um florista foi ao barbeiro para cortar o seu cabelo. Após o corte perguntou ao barbeiro qual é que era o valor do serviço e o barbeiro respondeu:
- Não posso aceitar o seu dinheiro porque estou a prestar serviço comunitário esta semana.
O florista ficou feliz e foi-se embora.
No dia seguinte, ao abrir a barbearia, havia um buquê com uma dúzia de rosas e uma nota de agradecimento do florista.
No dia seguinte, veio um padeiro para cortar o cabelo. Após o corte, quando ia para pagar, o barbeiro diz:
- Não posso aceitar o seu dinheiro porque estou a prestar serviço comunitário esta semana.
O padeiro ficou feliz e foi-se embora.
No dia seguinte, ao abrir a barbearia, havia um cesto com pães e doces e uma nota de agradecimento do padeiro.
No terceiro dia, veio um deputado para cortar o cabelo.
Da mesma forma, quando o deputado pede para pagar, o barbeiro diz:
- Não posso aceitar o seu dinheiro porque estou a prestar serviço comunitário esta semana.
O deputado ficou feliz e foi-se embora.
No dia seguinte, ao abrir a barbearia, havia uma dúzia de deputados a fazer fila para cortar o cabelo.

Esta história ilustra bem a grande diferença que existe entre os cidadãos do nosso país e os políticos que o administram.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Ratolândia (não deixem de ver este vídeo!)



"A fábula Mouseland (em português: "Ratolândia") foi inicialmente contada por Clarence Gillis e mais tarde popularizada em discurso por Tommy Douglas, político canadiano. A fábula expressava a visão de que o sistema político canadiano estava viciado, pois oferecia aos eleitores um falso dilema: a escolha de dois partidos, dos quais nenhum representava os interesses do povo.

Na fábula, os ratos (o povo canadiano) votavam nos gatos negros (Partido Progressivo Conservador) e depois de algum tempo descobriam o quão difícil se tornavam as suas vidas. Depois votavam nos gatos brancos (Partido Liberal) e assim iam alternando entre os dois partidos.

Um dos ratos teve então a ideia de que os ratos deveriam formar o seu próprio governo..."

domingo, 5 de junho de 2011

O Europeu Perfeito deve ser...

Carreguem na imagem para ver com maior resolução. ;) Divirtam-se!

Cozinheiro... como um Britânico
Disponível... como um Belga
Flexível... como um Sueco
Sóbrio... como um Irlandês
Falador... como um Filandês
Famoso... como um Luxemburguês
Humilde... como um Espanhol
Generoso... como um Holandês
Bem-Humorado... como um Alemão
Paciente... como um Austríaco
Organizado... como um Grego
Condutor... como um Francês
Técnico ... como um Português
Controlado... como um Italiano
Discreto... como um Dinamarquês

quinta-feira, 12 de maio de 2011

domingo, 27 de março de 2011

Frase da semana 23#

"Não há nada impossível, porque os sonhos de ontem, são as esperanças de hoje e podem converter-se em realidade amanhã."

Marcell Wendling

sexta-feira, 25 de março de 2011

Cartoon #1


Sócrates deixou a sua marca em Portugal.
Demoraremos anos para (a)pagá-la...

(Henricartoon)

sexta-feira, 4 de março de 2011

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Português e Espanhol


Dois agricultores, um português e um espanhol, conversam:

- Qual é o tamanho da sua herdade? - pergunta o espanhol.

Responde o português:

- Para os padrões portugueses, o meu monte tem um tamanho razoável. Trezentos hectares, e a sua?

Responde o espanhol:

- Olha, eu saio de casa de manhã, ligo o meu jipe e ao meio-dia ainda não percorri metade da minha propriedade.

- Eu sei o que isso é - diz o português sem se descoser - eu também já tive um jipe espanhol. São uma merda! Só dão chatices...

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Made in China

Um Alentejano foi de visita à China e comprou um par de óculos cheios de tecnologia, que permitiam ver todas as pessoas nuas.

Manuel coloca os óculos e começa a ver todas as mulheres nuas... Fica encantado com a descoberta chinesa:

- Ponho os óculos...só vejo mulheres nuas!  Tiro os óculos... já as vejo vestidas! Que maravilha! Isto sim é tecnologia!!!

E assim foi o Manel para o Alentejo, louco para mostrar a novidade à sua Maria. No avião, maravilha-se ao máximo vendo as hospedeiras e as passageiras todas nuas. Quando chega a casa, entra já com os óculos postos para abraçar a sua Maria toda nua. Abre a porta de casa e vê a sua Maria a conversar com o seu vizinho, todos nus sentados no sofá.

Tira os óculos e... todos nus! Põe os óculos e... todos nus! Tira os óculos...todos nus! Põe os óculos... todos nus!

E, Manuel exclama:

Já avariaram!!!  Estes produtos chineses são uma merda !


;)

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

SORRI !!



Inspiradas por uma campanha publicitária brasileira, as rádios portuguesas unem-se hoje para fazer todos os portugueses sorrir! Às 18h liga-te à rádio, aceita o desafio e ... SORRI! ;D

domingo, 16 de janeiro de 2011

Children see, Children Do!

Tunísia: a história que está na origem da revolução

Os manifestantes dizem que?uma outra Tunísia é possível?


O doloroso suicídio de um jovem no desemprego conduziu à queda do homem que, com punho de ferro, dirigia a Tunísia há 23 anos. Mohamed Bouazizi é o mártir de uma revolução inédita no Norte de África.

Mohamed Bouazizi teria pouco mais de 20 anos e era um apaixonado pelas Ciências Informáticas (ao contrário do que foi inicialmente avançado, a imprensa francófona não garante que o jovem se tenha licenciado na área). Sonhava com uma carreira no mundo das novas tecnologias. Só não contava com a pena actualmente imposta a cerca de 60% dos diplomados tunisinos.

Num país onde o ditador Ben Ali e a sua família ainda controlam a economia após uma vaga pouco transparente de privatizações, o trabalho está reservado àqueles que têm sorte ou aos que gozam de relações privilegiadas com a diminuta e poderosa elite de Tunes. Na Tunísia, como em outros tantos países, não são as qualificações ou o mérito que determinam o sucesso. É antes o nome, o casamento ou a filiação partidária.
 
No desemprego, Bouazizi viu-se forçado a vender frutas e legumes nas ruas da sua cidade natal do centro-oeste, Sidi Bouzid, para alimentar a família. Mas não tinha a necessária licença de comércio, difícil de obter no labirinto da burocracia e corrupção tunisina. A 17 de Dezembro de 2010, a polícia confiscou-lhe a banca e a balança. Segundo testemunhos locais, terá sido agredido e humilhado pelas autoridades.
 
Nessa mesma sexta-feira, Bouazizi deslocou-se à autarquia de Sidi Bouzid para tentar regularizar a situação. Não conseguiu. Com o dinheiro que restava, comprou um litro de gasolina. Despejou o combustível sobre a cabeça e imolou-se pelo fogo.

Com ele, incendiou a revolta dos tunisinos. A notícia do radical protesto foi inicialmente censurada pela imprensa estatal, mas a história espalhou-se pelas redes sociais da Internet, como o Facebook, o Twitter e o YouTube. Milhares de jovens desempregados começaram a sair às ruas. Vários licenciados sem trabalho, como Houcine Néji, de 24 anos, seguiram o exemplo de Bouazizi e cometeram suicídio pelo fogo ou subindo a postes de alta tensão.

Apesar dos ferimentos graves, Bouazizi não morreu de imediato. Foi transferido para unidade de queimados do hospital de Ben Arous, nos arredores da capital tunisina Tunes. Quando o regime pensava ainda poder conter a vaga de contestação, o Presidente foi visitá-lo. Desejou-lhe as melhoras e prometeu prestar-lhe todo o auxílio possível.

Mas Ben Ali e Mohamed Bouazizi eram dois homens condenados que se olhavam mutuamente. O jovem de 23 anos morreu a 4 de Janeiro. Milhares compareceram no funeral, no dia seguinte. «Hoje choramos a tua morte, amanhã vamos fazer chorar quem te matou», era um dos slogans na cerimónia transformada em comício.

Não se sabe se Bouazizi se terá apercebido da revolta que despoletara. O que é certo é que não assistiu à sua conclusão. Ao fim de quase um mês de violentos protestos que vitimaram perto de uma centena de pessoas (pouco mais de 20, segundo o regime), o Presidente Ben Ali dissolveu sexta-feira o Parlamento e fugiu do país. Segundo as últimas informações, o ditador deposto encontra-se na Arábia Saudita. A Tunísia, pela primeira vez após séculos de colonialismo e décadas de autoritarismo, encontra-se entregue aos cidadãos.

por Pedro Guerreiro in Semanário Sol

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Frase da semana #21


"Um estudo sobre a economia demonstra, de um modo geral, que a melhor época para comprar alguma coisa é o ano passado."

Marty Allen

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Como chamar a polícia em Portugal

Tenho um sono muito leve, e numa noite destas notei que havia alguém andando sorrateiramente no quintal de casa.

Levantei-me em silêncio e fiquei acompanhando os leves ruídos que vinham lá de fora, até ver uma silhueta passando pela janela do quarto.

Como a minha casa é muito segura, com alarme, grades nas janelas e trancas internas nas portas, não fiquei muito preocupado, mas era claro que eu não ia deixar um ladrão ali, vaguiando tranquilamente. Liguei baixinho para a polícia, informei sobre a situação e o meu endereço.

Perguntaram-me se o ladrão estava armado ou se já estava no interior da casa. Esclareci que não e disseram-me que não havia nenhuma viatura por perto para ajudar, mas que iriam mandar alguém logo que fosse possível.

Um minuto depois liguei de novo e disse com a voz calma:

-Eu liguei há pouco porque tinha alguém no meu quintal. Não precisam mais de ter pressa, porque eu já matei o ladrão com um tiro de pistola calibre 9 mm, que tenho guardada cá em casa, já há anos para estas situações. O tiro fez um estrago danado no pobre diabo !

Passados menos de três minutos, estavam na minha rua cinco carros da polícia, um carro do INEM, um helicóptero, uma unidade de resgate, duas equipas da TVI, uma da SIC e um representante duma entidade de direitos humanos.

Eles prenderam o ladrão em flagrante, que ficou boquiaberta a olhar tudo o que se estava a passar, com cara de parvo. Talvez ele estivesse a pensar que aquela era a casa do Comandante Geral da PSP.

No meio do tumulto, o comissário encarregue desta operação, aproximou-se de mim e disse-me:

-Pensei que tivesse dito que tinha morto o ladrão !!!

Eu respondi:

- Pensei que tivesse dito que não havia nenhuma viatura disponível . . .

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Bom ano!


E antes que 2011 acabe deixem que vos deseje um óptimo ano e  haja muitos assuntos para partilhar aqui na blogoesfera! ;)