ÀS SEXTAS-FEIRAS, PRESENÇA OBRIGATÓRIA! ;)

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Frase da semana #67



"É necessário sair da ilha para ver a ilha,
 não nos vemos se não saímos de nós."


José Saramago

Alentejanos

Um alentejano apanha um comboio para ir ao Porto e senta-se ao lado de um senhor muito bem vestido. O alentejano começa a olhar e pergunta:
- Por acaso você nunca apareceu na televisão?
Ao que o Sr. responde: - Sim, eu costumo ir a muitos concursos de cultura geral e por isso o Sr. deve-me conhecer daí. Como a viagem vai ser longa, você por acaso não quer fazer um jogo comigo?
 - Pode ser. - Respondeu o alentejano.
 - Então fazemos assim: como eu tenho mais cultura que o Sr., você faz-me uma pergunta sobre um assunto qualquer e se eu não souber responder, dou-lhe 50 euros. A seguir faço-lhe eu uma pergunta e se não souber a resposta, dá-me só 5. Concorda?
 - Vamos a isso. - Respondeu o alentejano confiante.
 - Então eu faço-lhe a primeira pergunta. Diga-me o nome da pessoa que escreveu "Os Lusíadas", aquele poeta só com um olho, que dignificou Portugal? 
O alentejano começa a pensar e passados alguns instantes diz:
 - Nã sei. Ê nã sei leri.
- A resposta era Luís de Camões. Dê-me os 5 euros e faça-me uma pergunta qualquer. 
- Tomi. Bem, qual é o animali que se o encostar a um chaparro sobe-o com quatro patas e desce-o com cinco patas?
 - Olhe, essa nem eu sei. - Respondeu o homem muito admirado.
- Então passe para cá os 50 euros.
 - Tome. Mas agora diga-me, que animal é esse?
 - Tamém nã sei. Tome lá 5.

Give love, receive love.


https://www.facebook.com/photo.php?v=547570848591016&set=vb.274458257374&type=2&theater

Não deixem de ver este vídeo. :)


sábado, 5 de outubro de 2013

Frase da semana #66


"a viagem não começa quando se percorrem distâncias, mas quando se atravessam as nossas fronteiras interiores." - mia couto

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Dar

"Um Segredo de Amor"


Brad Pitt:

"A minha mulher adoeceu. Estava constantemente nervosa por causa dos seus problemas no trabalho, vida pessoal e das suas falhas e problemas com os nossos filhos. Perdeu cerca de 13 quilos e pesava pouco mais de 40 quilos aos 35 anos. Ficou demasiado magra e chorava constantemente. Não era uma mulher feliz. Tinha dores de cabeça constantes, dores no peito e tensão muscular nas costas. Não dormia bem, adormecia somente de madrugada e cansava-se muito durante o dia. A nossa relação estava à beira da rutura. A sua beleza começava a abandoná-la. Tinha papos debaixo dos olhos, andava sempre desgrenhada e parou completamente de cuidar de si. Recusava trabalhar no cinema e rejeitou vários papéis. Perdi a esperança e pensava que nos divorciaríamos em breve… 

Foi então que decidi tomar algumas medidas. Afinal, eu tenho a mulher mais bonita do mundo. Ela é a mulher ideal para metade dos homens e mulheres do planeta e eu era o único a ter o privilégio de adormecer ao seu lado e de poder abraçá-la. Comecei a mimá-la com flores, beijos e muitos elogios. 

Surpreendia-a e tentava agradá-la em todos os momentos. Enchi-a de presentes e comecei a viver apenas para ela. Só falava em público a seu respeito e relacionava todos os assuntos com ela, de alguma forma. Elogiei-a a sós e em frente a todos os nossos amigos. 

Podem não acreditar, mas ela começou a renascer, a florescer… Tornou-se ainda melhor do que era antes. Ganhou peso, deixou de andar nervosa e ama-me ainda mais do que antes. Eu nem sabia que ela podia amar tão intensamente. E então percebi: ‘A mulher é o reflexo do seu homem’."



quarta-feira, 28 de agosto de 2013

A Gaiola Dourada


Faz algum tempo que vi  A Gaiola Dourada e a verdade é que o sucesso deste filme não passa despercebido a ninguém. Pois é, vale bem a  pena ir ao cinema para o ver, é garantido que saem de lá bem mais animados. ;)

terça-feira, 20 de agosto de 2013

O risco de ser "mais ou menos"

"A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos.

A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.

A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos... Tudo bem!

O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum, é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos.

Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos."
Chico Xavier

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Para lá das palavras....

Existe sempre um pouco de verdade atrás de cada "estou a brincar"...
Um pouco de conhecimento atrás de cada "eu não sei", um pouco de sentimento atrás de cada "eu não me importo".
E um pouco de dor atrás de cada "tudo bem".

Ai Garfield...


Regar



"Nem tudo na vida são flores;
 mas quando forem, regue-as."
Gibran


domingo, 4 de agosto de 2013

Frase da semana #64

"Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se que um amador solitário construiu a Arca e um grande grupo de profissionais construiu o Titanic."
Luís Fernando Veríssimo

sexta-feira, 12 de julho de 2013

METADES

PORQUE METADE DE MIM É O QUE EU GRITO MAS A OUTRA METADE É SILÊNCIO. PORQUE METADE DE MIM É PARTIDA MAS A OUTRA METADE É SAUDADE. PORQUE METADE DE MIM É O QUE EU OUÇO MAS A OUTRA METADE É O QUE CALO. PORQUE METADE DE MIM É A LEMBRANÇA DO QUE FUI E A OUTRA METADE EU NÃO SEI. PORQUE METADE DE MIM É ABRIGO MAS A OUTRA METADE É CANSAÇO. PORQUE METADE DE MIM É AMOR E A OUTRA METADE TAMBÉM.

Esperamos...



...toda a semana pela sexta-feira.

...todo o ano pelas férias.

...e toda a vida para ser feliz.

Frase da semana #63


"Tudo o que nos irrita nos outros pode levar-nos a uma compreensão sobre nós mesmos."

terça-feira, 2 de julho de 2013

Eu gosto do impossível

"Eu gosto do impossível, tenho medo do provável. Rio-me do ridículo e choro porque tenho vontade, mas nem sempre tenho motivo. Tenho um sorriso confiante que, às vezes, não demonstra a insegurança por trás dele. Sou inconstante e talvez imprevisível. Não gosto de rotina. Amo, de verdade, aqueles a quem digo isso e irrito-me, de forma inexplicável, quando não têm fé nas minhas palavras. Nem sempre coloco em prática aquilo que julgo certo. São poucas as pessoas para quem me explico." Bob Marley

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Consertar o mundo

Era uma vez, um cientista que vivia preocupado com os problemas do mundo e decidido a encontrar meios para melhorá-lo. Passava dias e dias no seu laboratório à procura de respostas.
Um dia, o seu filho de sete anos invadiu o laboratório querendo ajudá-lo. Claro que o cientista não queria ser interrompido e, por isso, tentou que o filho fosse brincar em vez de ficar ali a  atrapalhar. Mas, como o menino era persistente, o pai teve de arranjar uma maneira de entretê-lo. Foi, então, que reparou num mapa mundo que estava na página de uma revista. Lembrou-se de o recortar em vários pedaços e depois apresentou um desafio ao filho:
- Filho, podes ajudar-me a consertar o mundo! Aqui está o mundo todo partido, podes reconstruí-lo para que fique bem outra vez! Quando terminares, chama-me.
O cientista estava convencido que a criança levaria dias para resolver o puzzle que ele tinha criado. Mas surpreendentemente, poucas horas depois, o filho já chamava por ele:
- Pai, pai, consegui consertar o mundo!
O pai não queria acreditar, achava que era impossível um miúdo daquela idade ter conseguido montar o puzzle de uma imagem que nunca tinha visto antes. Porém, quando viu o mapa completamente montado, sem nenhum erro, perguntou ao filho como é que ele tinha conseguido sem nunca antes ter visto um mapa do mundo.
- Pai, eu não sabia como era o mundo, mas apercebi-me que do outro lado da página da revista que escolheste para recortar, havia a figura de um homem. Quando eu recebi o mundo para consertar, eu tentei montá-lo mas não consegui. Então lembrei-me do homem, virei os pedaços de papel ao contrário e comecei a consertar o homem que eu sabia como era. Quando consegui consertar o homem, virei a folha e vi que tinha consertado o mundo.

Quando eu flor...

Quando eu flor...
Quando tu flores...
E ele flor...
Nós flores seremos,
e o mundo florescerá!

domingo, 12 de maio de 2013

Karate Kid


 


"Se encontrares um caminho sem obstáculos, ele provavelmente não te levará a lugar nenhum."

terça-feira, 16 de abril de 2013

terça-feira, 9 de abril de 2013

Nunca deixes de sorrir

"Nunca deixe de sorrir, nem mesmo quando estiver triste, porque nunca se sabe quem se pode apaixonar pelo seu sorriso."

Gabriel Garcia Marquez

sábado, 6 de abril de 2013

Frase da semana #60

"Quem não sabe o que busca, não identifica o que acha."
 
KANT

Mosquito


"Se pensas que és muito pequeno para fazer a diferença, tenta dormir num quarto fechado com um mosquito."

terça-feira, 2 de abril de 2013

MEIAS

Meias verdades
Meias vontades
Meias saudades

Viver pela metade é ilusão
Tira as tuas meias
Põe o pé no chão

Augusto Barros
 
 

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Frase da semana #59

 
“A melhor utilidade que pode se dar à vida é amar. A melhor expressão do amor é o tempo. O melhor momento para amar é agora.”
Rick Warren

terça-feira, 26 de março de 2013

Conselho do dia


ai ai...


e mais não digo...

(...) nunca deixa de nos impressionar.


Em San Donaci, Itália, Ciccio, um pastor alemão, cuja dona faleceu há dois meses, é protagonista de uma história de lealdade e amor. Maria Margherita Lochi, de 57 anos, tinha adotado Ciccio depois de este ser encontrado abandonado num terreno baldio. Maria ia todos os dias à missa ,na igreja local, com Ciccio.
Mesmo tendo estado na igreja no dia do funeral, o pastor alemão não consegue aceitar que a sua dona não vai voltar e continua a ir à missa todos os dias no mesmo horário, assim que ouve os sinos tocar. Ciccio senta-se ao lado do altar, em silêncio, na esperança de ver a dona chegar...

 
 
Todos, em San Donaci, ficaram tão impressionados com a fidelidade de Ciccio, que decidiram cuidar dele e adoptá-lo: “Este tipo de fidelidade faz doer o coração e nunca deixa de nos impressionar.”
 
 

segunda-feira, 25 de março de 2013

segunda-feira, 4 de março de 2013

Amor alentejano

Estavam o Ti Jaquim e a Ti Albertina na cama, numa noite de verão.
Diz ela:
- Ó Jaquim, ainda gostas de mim, homi?
- Atã nã houvera de gostari?
- Ê nã sê... Tu já nem me procuras...
- Ora porra, tu também nã t'escondes...!

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013